Ajude-nos a contar de Cristo ao mundo!

Dicas de como organizar um culto missionário

3 abr
0
1

Cultos missionários são de extrema importância para mobilizar a igreja a orar, apoiar e para despertar o desejo missionário em novos vocacionados. É muito comum ouvir testemunhos de missionários e ver a forma que Deus guia a cada um a se entregar de tempo integral ao ministério. Em muitos casos o chamado missionário foi despertado em um culto missionário ou conferência – momentos usados por Deus para levantar o Seu povo para anunciar o evangelho entre as nações.

É um tempo de refletir sobre a necessidade de cumprir o ide do Senhor. Mas também um momento de conectar a igreja local com o que Deus tem feito ao redor do mundo. O amor de Deus e o coração dEle é para todo povo, língua, tribo e nação. Assim, é importante enquanto igreja experimentar um pouco do que Deus está fazendo mundialmente.

Esse artigo é parte de uma séria de conteúdo para ajudar a igreja a mobilizar para missões. Além de ideias de como organizar um culto missionário, você pode ler também: Organizando um momento missionário, e mais em breve.

Algumas dicas para organizar seu culto missionário:

1. CONVIDE UM PRELETOR QUE TENHA EXPERIÊNCIA MISSIONÁRIA OU PAIXÃO POR MISSÕES
Não é só porque é pastor ou tem boa intenção que devemos chamar alguém para um culto missionário. Você já foi em um culto missionário que o preletor não tinha ideia do que estava falando? Por exemplo, eu já participei de cultos missionários que o irmãozinho pregando falou até da rebimboca da parafuseta, leu mil e quinhentos versículos aleatórios, mas nem mencionou missões ou algo ligado ao tema.

Precisa-se zelo ao convidar alguém para falar em um momento tão importante quanto o culto de missões. Procure uma pessoa que tenha visão missionária e conheça a realidade do campo. Ore e peça direção ao Senhor a quem convidar. No entanto, se não conhecer alguém específico, pergunte seus amigos que têm contatos em missões. Além disso, você pode procurar uma agência missionária na sua região e pedi-los para te ajudar a encontrar um preletor.

2. DÊ PREFERÊNCIA AOS MISSIONÁRIOS QUE ESTÃO EM VISITA AO BRASIL
Nada melhor para dar uma palavra de encorajamento para a igreja que o próprio missionário. Entre em contato com os missionários que a sua igreja apoia com bastante antecedência e pergunte quando planeja vir ao Brasil. Dessa forma, você pode planejar o culto de missões na mesma data que o missionário estará em sua cidade. Procure agendar e manter a data. O tempo do missionário de volta para casa é muito precioso e precisa ser respeitado. Honre-o e dê à igreja a oportunidade de conectar com o missionário que oram regularmente.

3. ESCOLHA UM FOCO AO ORGANIZAR O CULTO MISSIONÁRIO
As vezes falamos de “missões” de forma muito vaga. Uma boa dica para organizar um culto missionário é escolher um foco específico, ou até mesmo um tema. Por exemplo, se tem um missionário visitando do Oriente Médio, foque o culto nessa região, ou no mundo mulçumano, ou na janela 10/40, ou países árabes, etc. Tendo um foco vai ajudar à igreja a ter uma percepção mais aguçada da mensagem, a saber como orar mais especificamente a entender a realidade de uma região ou um povo.

Ademais, é muito fácil deixar o culto perder o foco missionário. Uma oportunidade aqui, uma apresentação ali, outra saudação acolá. Tente limpar da liturgia do culto tudo que foge do foco missionário. Que o louvor, a palavra, as orações, as ofertas, todas foquem no objetivo central do culto.

4. DECORAÇÃO SEMPRE VAI BEM
Você não precisa encher a igreja de coisas, mas é bom colocar alguma decoração que chame à atenção da congregação ao foco daquele culto. Banners, bandeiras, fotos, roupas típicas, use a criatividade para dar um look novo para o púlpito.

5. ORE COM PROPRIEDADE, AUTORIDADE E FOCO
Muitas vezes olhamos para a oração como algo tão natural no culto que não damos a devida atenção a ela. O foco na oração é muito importante! Já falamos aqui no site sobre isso, mas para resumir é importantíssimo não pegar ninguém de surpresa para fazer a oração. Se vai orar para um missionário no país específico. Avise a pessoa que vai orar com antecedência, dê informações para que a oração também seja centrada e específica.

6. ORGANIZE UM LOUVOR FOCADO EM MISSÕES
Culto de missões não é dia de cantar ‘Sabor de Mel’ ou ‘Raridade’. Não precisa de cantar apenas canções sobre a África ou sobre chamado (elas são bem-vindas, claro!). Contudo, foque em missões, em entrega, em Deus sendo soberano, o amor dEle pelas nações. Envolva o ministério de louvor na organização do culto. Escolha juntamente com o ministério canções que exaltem ao Senhor, hinos de adoração e que inspire a igreja a ir!

7. APROVEITE PARA LER CARTAS DOS MISSIONÁRIOS
Tire 10 minutinhos do culto para ler cartas missionárias do campo. Esse é um momento bom para conectar a igreja ao que está acontecendo ao redor do mundo, para mostrar quem são os missionários que a igreja apoia e levantar um clamor pela vida deles.

8. FAÇA UMA OFERTA MISSIONÁRIA ESPECÍFICA
Além do tempo de dízimos e ofertas, levante uma oferta específica para missões. Vale até fazer um envelope específico com informações para a igreja de onde e como a verba vai ser utilizada. Não diga à igreja que é apenas uma oferta missionária. Mais que isso, informe à congregação para onde quem e onde a oferta será enviada, como o dinheiro será investido e de como é especial que cada um pode participar e ir aquele projeto por meio das orações e finanças.

Por Tiago Fonseca
Jornalista e missionário

Fonte: http://www.radarmissionario.org/dicas-de-como-organizar-um-culto-missionario/

Posted by: Category: Artigos
Top